quinta-feira, 21 de junho de 2007

Que eu seja...




Que eu seja somente uma leve brisa,
que eu seja uma leve cançao,
uma doce lembrança,
que te faça estalinhos no coraçao.

Que eu seja aquela memoria sutil,
que eu seja apenas um encosto macio,
confortante,
que te faça no cabelo carinho.

que eu seja uma doce lembrança,
de uma longo e complexo entendimento,
de nossas duas partes,
numa possivel lembrança,
numa possivel doce lembrança.




Um comentário:

Imago disse...

que eu não seja apenas um Ser existencial...