quinta-feira, 21 de junho de 2007

5 m de profundidade






As obras 5 m de profundidade. O círculo de estátuas representa o círculo da vida


Precisei ir fundo, a digamos 5 metros de profundidade dentro das vaidades e dos costumes dos habitos humanos, para conseguir tocar o circulo de estatuas que representa o circulo da vida.
Bati de frente com aquelas expressoes fortes e dinamicas, de como pode nos manipular, o prazer humano. Me desprendi do que nao me dava prazer, me prendi a aquilo que me dava conforto, pois o conforto bastava como prazer. Nao foi por medo de errar ou de perder, foi uma opçao, como um esquina que se vira no meio do caminho, uma escolha capaz de nos levar a outro lugar, talvez bem proximo, talvez bem longe daquilo que almejamos ser o ideal.
Mesmo assim, ainda te abraço e te beijo, mesmo quando teu olho esta preenchido pelo reflexo de do meu oposto, que nada mais tem do que ter ultrapassado a linha de chegada e ja ter definido posiçao, coisa que pensei em fazer, mas me faltaram lembranças para agir.


Um comentário:

Imago disse...

o fundo da alma é o melhor doa caminhos...