quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Sabe...

Sabe quando você acha que não é capaz de realizar alguma coisa, as vezes pode ser uma tarefa no trabalho, um sonho que você tem a muito tempo, ou até mesmo coisas pequenas como fazer 'aquela' ligação para 'aquela' pessoa.

E sabe quando as pessoas ao seu redor fazem você se achar um merda, as vezes até pessoas próximas, como os seus parentes ou amigos, aquela vizinha que dá palpite na vida de todo mundo, aquele seu chefe mala, ou o cara que te olhou na rua com 'aquele' olhar, que você jura que foi um olhar de desprezo.

Quando parece que o mundo conspira contra você e que tudo está dando errado, aparece um problema atrás de outro, empecilhos que não acabam mais, atrasos de vida por si só e outras situações mirabolantes que 'só acontecem com você'.

É. É ruim mesmo, quem te disse que viver era fácil?
Mas vamos aos fatos:


Eu imagino que fizeram ele acreditar que não seria capaz de voar, que fizeram ele se sentir um merda por causa disso e que eventos mirabolantes o importunaram por um bom tempo. Só que apesar das adversidades você já deve estar cansado de escutar falar do 14 bis.

Então eu só posso tirar as seguintes conclusões, veja se você concorda comigo.

Você pode até não ser capaz de realizar a tarefa, por enquanto...
As pessoas podem até fazer críticas duras ou erradas ao seu respeito, cabe a você filtrar as informações pertinentes...
A sequência de eventos pela qual você vem passando pode até ter sido ingrata e exaustante, mas uma hora o mundo se acerta e deixa de jogar contra...

Se nada disso estiver certo por favor me corrija. Aproveita e puxa a cordinha pro mundo parar, que eu vou descer no próximo ponto...

3 comentários:

As partes interessadas disse...

Nada é tão bom que nunca acabe, nem tão ruim que dure para sempre, não é o que dizem? a vida é essa. como disse vc, uma hora as coisas se ajeitam, pra todo mundo. basta a gente tá sempre atento e correndo atrás que, de graça - já dizia minha vó - não tem nada nesse mundo!
Bjos!

Keep Walking disse...

Meu amigo, Velho Amigo:

Não existe triunfo sem perda, não há vitória sem sofrimento, nem liberdade sem sacrifício.

Se a vida te priva de tua liberdade eh pq deve focar em um objetivo e trabalhar nele sozinho, e sem a perda e o sofrimento como festejar um triunfo e relembrar dos momentos dificeis para se orgulhar de si mesmo?

;)

Imago (Cosmo) disse...

Eu só vos digo uma coisa... a mãe de Pavarotti reclamava ao ouvir ele cantar no banheiro... e Clarisse já diria.. "por enquanto é tempos de morangos". Sim! Portanto, todos somos capazes e estamos aptos a qualquer tipo de tarefa ou atividade quando estamos abertos para elas. quando isso acontece.. tudo se encaminha e dá certo! vivam !!! desprendam-se de conceitos e padrões, teoremas... apenas vivam !!! e lembrem-se.. "embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu" !!